sábado, 19 de março de 2011

Imagem de Nossa Senhora do Rosário

sexta-feira, 25 de junho de 2010

Duas Estradas...um tempo inesquecível...







Eta tempinho bom!
fiz parte desta história...sim senhor! tenho recordações incríveis sobre esse lugar...terra de meu pai...terra santa - farta de um tudo, apesar de algum tempo para cá a sêca vem castigando bastante, mas faz parte, ok?
aqui recebiamos o trem diariamente, quando ia recebia o nome de PN, e quando retornava era o Bacurau...quem sobreviveu ainda lembra! tempo bom. Foi bom te conhecer ...valeu!
la no alto existia um cruzeiro, onde com muito sufoco conseguiamos chegar e deslumbrar de uma paisagem incrível! era tudo e um pouco mais! dava pra ver ao longe, ate cidades próximas...legal. Quanto ao mercado público, tinha aquelas coisas artesanais que empolgam o curioso, como chaveiros em forma de facas em miniatura, animais, carne de sol, mangaio e muito mais...
A sairmos de João Pessoa por volta das 4:00 horas, começava uma viagem incrível, pois passava-mos por cidades que em parte nem existem mais, como Paula Cavalcante (Entroncamento) e seguiamos adiante...ja a noitinha entravamos em Guarabira, Itamataí, Sertãozinho e em seguida em Duas Estradas, onde parte dos familiares estavam a espera, boa recepção! com toda tecnologia hoje em line, para mim essas foram contempladamente as melhores, valeu!
VIVA O TREM QUE NÃO MAIS PASSA PELA CIDADE.....
DEUS TE PROTEJA.
Posted by Picasa

domingo, 17 de maio de 2009

Radioamadorismo, um hobby ciencia







O radioamadorismo é um hobby científico com diversas modalidades. O radioamador é a pessoa que procura manter funcionando um estação de radiocomunicação, ora para comunicados e conversas informais bem como para concursos e competições nacionais e internacionais. Além dos "bate-papos" e contestes, o radioamador pode auxiliar as autoridades de Defesa Civil nas situações de risco e calamidades públicas, levando as comunicações aos mais longínquos rincões, por exemplo, no interior da Amazônia ou da Savana Africana. Alguns dessas modalidades se utilizam do Código Fonético Internacional e o Código Q em sua comunicação que são muito utilizados por radioamadores no mundo inteiro em troca de informações e mensagens tanto em curta distâncias quanto em longas distâncias. Além dos operadores de estações amadoras de radiocomunicação, aqueles códigos são utilizados por serviços diversos, tanto civis quanto militares, profissionais e empresas de comunicações ou que utilizam a radiocomunicação como fator de contatos entre seus integrantes.